ARISTOCRACIA E PARTICIPAÇÃO POPULAR NA POLÍTICA ROMANA REPUBLICANA

Autores

  • Jonathan Cruz Moreira Universidade Federal de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.31669/herodoto.v1i1.43

Palavras-chave:

Roma, plebe, política, aristocracia

Resumo

Um dos temas recorrentes na historiografia contemporânea acerca da organização política e social do estado romano, reside na participação ou não da população de modo efetivo nas decisões tomadas nas diferentes assembleias do povo romano. Algumas divergências surgem com relação à soberania do povo romano nestas votações e o papel da aristocracia no controle destas decisões, sendo por meio do sistema de clientela, ou pelos meios que o próprio funcionar das assembleias ofereciam. A resposta a estas questões passa pela analise tanto do lugar da aristocracia e da plebe nesse sistema, quanto pelo conhecimento do próprio sistema de tradições que regiam a res publica. O objeto deste artigo é refletir sobre a participação dos diferentes grupos sociais no processo político romano, por meio da análise do processo político e suas tradições.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jonathan Cruz Moreira, Universidade Federal de São Paulo

Mestrando em História pela Universidade Federal de São Paulo ( 2016 - 2018). Graduado em História pela Universidade de Taubaté (2015), como pesquisador voluntário em nível de iniciação científica com o projeto intitulado: " O perigo vermelho no Vale do Paraíba: O anticomunismo da Era Vargas nos jornais Taubateanos ( 1935 - 1945)". Possui aperfeiçoamento em andamento em Docência Universitária, nas áreas de História Antiga e Medieval pela UNITAU (2015). É pesquisador do GEHAM (Grupo de Estudos em História Antiga e Medieval), vinculado NPH (Núcleo de Pesquisa em História/UNITAU). Trabalha na área de História Antiga, com ênfase na história Política e social Romana Republicana. 

Downloads

Como Citar

Moreira, J. C. (2016). ARISTOCRACIA E PARTICIPAÇÃO POPULAR NA POLÍTICA ROMANA REPUBLICANA. Heródoto: Revista Do Grupo De Estudos E Pesquisas Sobre a Antiguidade Clássica E Suas Conexões Afro-asiáticas, 1(1), 342–363. https://doi.org/10.31669/herodoto.v1i1.43