Lucumon e Mansa Waly: dois homens um destino

  • Ibrahima Diouf Universidade Cheikh Anta Diop
Palavras-chave: Lucumon, Waly, exílio, Roma, sererê, rei, poder, origem, tradição, casamento.

Resumo

Lucumon deixou Tarquínia por Roma a fim de aceder ao poder real exatamente
no início do exílio de Mansa Waly Gabu, também entre os sererês, onde
o esperava um trono. Lucumon foi o primeiro rei de origem estrangeira a
reinar em Roma, onde instalou a dinastia etrusca no poder, assim como Mansa
Waly, também primeiro soberano estrangeiro, introduziu a realeza entre os
sererês, onde reinou a dinastia dos Gelwaar.
Tanto um como outro, pode se impor, cada um em seu meio, graças a uma
estratégia sabiamente calculada. Além das boas relações com as populações
locais, cada um dos dois reis havia conseguido organizar casamentos entre
suas famílias e os autóctones, a fim de reforçar seu poder.

##plugins.generic.paperbuzz.metrics##

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Ibrahima Diouf, Universidade Cheikh Anta Diop

Enseignant-chercheur au Département d’Histoire de l’Université Cheikh Anta Diop de Dakar (Sénégal)

 
Publicado
2019-01-30
Como Citar
Diouf, I. (2019). Lucumon e Mansa Waly: dois homens um destino. Heródoto: Revista Do Grupo De Estudos E Pesquisas Sobre a Antiguidade Clássica E Suas Conexões Afro-asiáticas, 3(2), 158-175. https://doi.org/10.31669/herodoto.v3n2.14