Importações de ânforas de azeite na Bretanha romana: 20 anos depois

  • Cèsar Carreras Monfort Universidade Autônoma de Barcelona
Palavras-chave: Arqueologia das ânforas romanas, Bretanha romana, Pedro Paulo Funari.

Resumo

Pedro Paulo A. Funari realizou pesquisas em anforologia na Bretanha romana no final da década de 1980 e início da década de 1990. Ele estava interessado na epigrafia (inscrições pintadas e selos) da ânfora mais comum nas ilhas, que era a Dressel 20 bética. Seu conhecimento supunha uma mudança importante na forma como as ânforas foram estudadas no Reino Unido e influenciaram os estudiosos e pesquisas posteriores. O presente trabalho tenta mostrar a sua contribuição na pesquisa de ânforas na Bretanha romana e como esses estudos evoluíram nos últimos 20 anos. Claro, existem novos dados disponíveis, mas também abordagens alternativas em termos de metodologia e interpretação.

##plugins.generic.paperbuzz.metrics##

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Cèsar Carreras Monfort, Universidade Autônoma de Barcelona

César Carreras Montfort

Professor Titular Interí

Facultat: Facultat de Filosofia i Lletres

Departament: Departament de Ciències de l'Antiguitat i de l'Edat Mitjana

 Despatx:B7/ 159

Telèfon:93 581 3552

Correu electrònic: cesar.carrerasarrobauab.cat

Línies de recerca

- Estudis de comerç romà a partir de les àmfores

- Conquesta romana en època republicana

- Geofísica aplicada a l’arqueologia

- Xarxa de transport romana i aplicacions de xarxes en SIG

Publicado
2018-03-24
Como Citar
Monfort, C. C. (2018). Importações de ânforas de azeite na Bretanha romana: 20 anos depois. Heródoto: Revista Do Grupo De Estudos E Pesquisas Sobre a Antiguidade Clássica E Suas Conexões Afro-asiáticas, 3(1), 288-312. https://doi.org/10.31669/herodoto.v3i1.351