Cruz e legião romana: o imaginário popular na Palestina do 1º século

  • Luiz Alexandre Solano Rossi Pontifícia Universidade Católica do Paraná/Uninter
Palavras-chave: Cruz, violência, império, nova ordem mundial, legião.

Resumo

A partir do ano 63 a.C. a nova ordem imperial chega na Palestina. Um império desejado pelos deuses e considerado eterno como os próprios deuses o são. No entanto a eternidade do Império passa por instrumentos de violência contra os povos subjugados no presente. Assim, a cruz e a legião romana se tornarão símbolos no imaginário coletivo dos camponeses na Palestina. Imaginário que se constrói a partir de imagens presente no próprio cotidiano. Cruzes e soldados estavam presentes no cenário da Palestina para relembrar a qualquer camponês de sua vulnerabilidade e, ao mesmo tempo, reafirmar a perenidade de um Império divinizado pela força.

Biografia do Autor

Luiz Alexandre Solano Rossi, Pontifícia Universidade Católica do Paraná/Uninter
possui graduação em Teologia - Seminário Teológico de Londrina (1988), mestrado em Teologia pelo Instituto Superior Evangélico de Estudos Teológicos - ISEDET (1996), doutorado em Ciências da Religião pela Universidade Metodista de São Paulo (1999) e pós-doutorado em História Antiga pela UNICAMP (2004 e em Teologia pelo Fuller Theological Seminary (2006). Pesquisador nos seguintes temas: profetismo, Jó, Teologia e sociedade de consumo, arqueologia da guerra e do exército no antigo Oriente Próximo, espiritualidade. Atualmente é professor-adjunto na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC) no programa do Mestrado e Doutorado em Teologia. Professor visitante no Instituto de Filosofia e Teologia do Timor Leste. Membro do corpo editorial da Revista estudos Bíblicos, da revista Caminhos (PUCGO), da revista Pistis & Práxis (PUCPR); da Revista Reflexus (Faculdade Unida) e membro do conselho do Comentário Bíblico Latinoamericano. (Texto informado pelo autor)
Publicado
2018-03-23
Como Citar
Rossi, L. A. S. (2018). Cruz e legião romana: o imaginário popular na Palestina do 1º século. Heródoto: Revista Do Grupo De Estudos E Pesquisas Sobre a Antiguidade Clássica E Suas Conexões Afro-asiáticas, 2(2), 405-418. https://doi.org/10.31669/herodoto.v2i2.286