Historia Magistra Vitae

Roma como tópico de história universal na interpretação do Brasil contemporâneo

  • Luis Carlos Martins Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Palavras-chave: Roma, Decadência, Corrupção, Política, Brasil atual

Resumo

Este artigo apresenta resultados parciais de um projeto maior que pretende analisar a forma como “tópicos” da Política Romana são (re)apropriados no Brasil para “explicar” a sua “realidade atual”, quer seja pelo discurso didático-pedagógico, quer seja pela discussão política contemporânea. Para essa pesquisa, optei por um corpus documental composto por postagens feitas na internet, por intermédio das quais procuro identificar os itens mais recorrentes e difundidos sobre a questão na sociedade brasileira contemporânea. Parto do princípio de que estes diversos discursos têm feito uso de uma percepção muito arraigada no imaginário político ocidental que tem Roma como um símbolo de “decadência moral e política”, com forte ênfase em temas como “corrupção”, “ambição desenfreada pelo poder”, “manipulação política” e “passividade das massas”. Essa pesquisa pretende identificar quais apropriações são atualmente correntes na sociedade brasileira e que visão dessa sociedade é transmitida a partir dessa leitura do mundo romano.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando métricas...

Biografia do Autor

Luis Carlos Martins, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Possui graduação em História pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1992), mestrado em História pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2006), doutorado em História pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2010) e pós-doutorado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2010). Atualmente é professor adjunto da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, coordenador do curso de História da mesma instituição e professor do PPG-História PCRS. Atuando principalmente nos temas: História da Imprensa no Brasil, História da urbanização e industrialização no período 1945-1968 pelo olhar da grande imprensa brasileira e Debates em torno do desenvolvimento e desenvolvimentismo do Brasil no Segundo Governo Vargas (1951-1954). É titular da disciplina de História da Antiguidade Clássica (PUCRS), desenvolvendo pesquisa na área de História Política da República Romana, na qual aborda as percepções do discurso ciceroniano acerca da Crise do Século I a.C. (Texto informado pelo autor)

Publicado
2020-07-27
Como Citar
Martins, L. C. (2020). Historia Magistra Vitae . Heródoto: Revista Do Grupo De Estudos E Pesquisas Sobre a Antiguidade Clássica E Suas Conexões Afro-asiáticas, 4(2), 184-205. https://doi.org/10.34024/herodoto.2019.v4.10970
Seção
Dossiê / Dossier