Tutankhamon em Portugal. Relatos na imprensa portuguesa (1922-1939)

Um contributo para os estudos de recepção do Antigo Egipto

Autores

  • José das Candeias Sales Universidade Aberta. Universidade Nova de Lisboa
  • Susana Mota

DOI:

https://doi.org/10.34024/herodoto.2019.v4.10961

Palavras-chave:

Recepção do antigo Egipto, terminologia, Egiptomania, Tutankhamon, Imprensa Portuguesa

Resumo

Em qualquer ciência ou área do saber, a definição conceptual, nocional e terminológica é essencial para o entendimento das problemáticas em estudo e para a comunicação dos respectivos resultados de investigação. Tal é também, obviamente, válido para a área da Recepção do antigo Egipto. O objectivo principal deste texto é analisar, definir e organizar o conjunto de conceitos, nocões e termos existentes no âmbito dos estudos de Recepção do antigo Egipto, designadamente Egiptomania, Egiptofilia, Renascimento Egípcio, Tutmania, Mumiamania e Amarniamania. Paralelamente, a partir do nosso Projecto de Investigação Tutankhamon em Portugal. Relatos na imprensa portuguesa (1922-1939), pretendemos demonstrar como a imprensa, neste caso do início do século XX, constitui uma manifestação e um agente de recepção do antigo Egipto em Portugal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José das Candeias Sales, Universidade Aberta. Universidade Nova de Lisboa

Professor Associado com Agregação, Universidade Aberta; Universidade Nova de Lisboa.

Susana Mota

Doutora, Pesquisadora, Universidade Nova de Lisboa.

Publicado

2020-07-27

Como Citar

Sales, J. das C. ., & Mota, S. (2020). Tutankhamon em Portugal. Relatos na imprensa portuguesa (1922-1939) : Um contributo para os estudos de recepção do Antigo Egipto. Heródoto: Revista Do Grupo De Estudos E Pesquisas Sobre a Antiguidade Clássica E Suas Conexões Afro-asiáticas, 4(2), 27–58. https://doi.org/10.34024/herodoto.2019.v4.10961

Edição

Seção

Dossiê / Dossier