A prática interdisciplinar da Educação Ambiental em escolas rurais do município de Porto Velho (RO)

Autores

  • Bianca Morais Mendes Universidade Federal de Rondônia-UNIR
  • Clarides Henrich de Barba Universidade Federal de Rondônia

DOI:

https://doi.org/10.34024/revbea.2022.v17.13838

Palavras-chave:

Amazônia, Práticas Pedagógicas, Interdisciplinaridade, Educação Rural

Resumo

A pesquisa tem como objetivo analisar de que modo é realizada a prática interdisciplinar da Educação Ambiental (EA) em três escolas rurais no município de Porto Velho-RO, localizadas nos distritos ao longo da BR-364, sentido Acre, a saber: no distrito de Jaci-Paraná, o Colégio Tiradentes da Polícia Militar II; no Núcleo Urbano Nova Mutum Paraná, a Escola Municipal de Ensino Fundamental Nossa Senhora de Nazaré e no distrito de Abunã, a Escola Municipal de Ensino Fundamental Marechal Rondon. A metodologia utilizada foi a pesquisa teórico-descritiva qualitativa e entrevistas com seis diretores, três coordenadores, 20 professores e 28 estudantes. Os resultados apontam que os professores realizam práticas de EA de modo comportamentalista, com questões que dizem respeito ao “lixo, limpeza e conservação”. As práticas de EA, nas escolas pesquisadas, caminham para a interdisciplinaridade, porém os professores necessitam de formação inicial pelas Universidades, formação continuada e incentivo pedagógico para se tornar uma realidade concreta.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bianca Morais Mendes, Universidade Federal de Rondônia-UNIR

Doutoranda da Universidade Federal de Rondônia-UNIR

Clarides Henrich de Barba, Universidade Federal de Rondônia

Possui Licenciatura em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (1982),Licenciatura em Educação Física pela Universidade Federal de Rondônia (1989), Mestrado em Filosofia pela Universidade Federal de Santa Maria (1996) sob orientação do Prof. Dr. Glenn Walter Erickson. Doutor em Educação Escolar pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2011) sob a orientação da Profª Drª Rosa Maria Feiteiro Cavalari, tendo como tese: "Ambientalização Curricular? no ensino superior: o caso da Universidade Federal de Rondônia- campus de Porto Velho. Atualmente é Professor Associado IV da Universidade Federal de Rondônia, Foi chefe do departamento acadêmico de Filosofia da Universidade Federal de Rondônia. É Professor do Curso de Graduação em Filosofia e atua com as disciplinas de Introdução à Filosofia, Filosofia da Educação, Ensino da Filosofia, Metodologia da Pesquisa Científica. Na Pós-Graduação, leciona a disciplina de Educação Ambiental e Práticas Educativas no Programa de Mestrado e Doutorado Profissional (Linha de Pesquisa: em Formação de Professores) com a disciplina de Fundamentos Filosóficos, Antropológicos e Sociológicos da Educação e no Mestrado Acadêmico em Educação (linha de Pesquisa em Políticas Públicas e Gestão Educacional) atua na disciplina de Educação e Desenvolvimento Amazônico. É pesquisador em Educação Ambiental, Ética e cultura amazônica em Educação Ambiental, Políticas Públicas em Educação Escolar e em Educação Ambiental. Orienta pesquisas em Educação Ambiental e Ambientalização Curricular. É líder do Grupo de Pesquisa Interdisciplinar em Educação Ambiental no contexto amazônico. Também faz parte do Grupo de Pesquisa CIEPES (Centro Interdisciplinar de Estudos e Pesquisas em Educação e Sustentabilidade, localizado na Universidade Federal de Rondônia

Referências

BOGDAN, Robert. BIKLEN, Sari. Investigação qualitativa em educação. Tradução Maria João Alvarez, Sara Bahia dos Santos e Telomo Morinhi Baptista. Porto: Porto Editora, 1994.

BRASIL. Política Nacional de Educação Ambiental, Lei 9795. 1999. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9795.htm>. Acesso em 17 mai. 2018.

BRASIL. Ministério de Educação e Cultura (MEC). Portaria 678/91. 1991. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/Relat.pdf>. Acesso em 19 mai. 2018.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicaocompilado.htm>. Acesso em 09 de nov. de 2018.

CARVALHO, Isabel Cristina de Moura. Educação Ambiental: invenção do sujeito ecológico. 12 ed. São Paulo: Cortez, 2012.

CALDEIRA, Camila Santana; GODOY, Marcela Teixeira; MORALES, Angélica Góis. A Educação Ambiental e a interdisciplinaridade no contexto escolar. In: Actas Congreso de Medio Ambiente AUGM, 7mo, 2012, Argentina. .

FRIGOTTO, Gaudêncio. O enfoque da dialética materialista histórica na pesquisa educacional. In: FAZENDA, Ivani (Org.). Metodologia da pesquisa educacional. 5 ed., São Paulo: Cortez, 2000, p. 69-90.

FRIGOTTO, Gaudêncio. A interdisciplinaridade como necessidade e como problema nas ciências sociais. In: JANTSCH, Ari Paulo. BIANCHETTI, Lucídio (Orgs.). Interdiciplinaridade: para além da filosofia do sujeito. 6. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 1995, p. 25-49.

GUIMARÃES, Mauro. A formação de educadores ambientais. 8 ed. Campinas, SP: Papirus, 2012.

GUIMARÃES, Mauro. A dimensão ambiental na educação. 11 ed. Campinas, SP: Papirus, 2013.

KNECHTEL, Maria do Rosário. Educação Ambiental: uma prática interdisciplinar. Desenvolvimento e Meio Ambiente, n. 3, p. 125-139, jan./jun. 2001.

LUKÁCS, György. Para uma ontologia do ser social I. Tradução: Carlos Nelson Coutinho, Mario Duayer e Nélio Schneider. São Paulo: Boitempo, 2012.

MACHADO, José Nilson. Formação do professor: microensaios tetraédricos. São Paulo: Editora: Livraria da Física, 2016.

MELLO, Soraia Silva. TRAJBER, Rachel (Orgs.). Vamos cuidar do Brasil: conceitos e práticas em Educação Ambiental na Escola. Brasília: Ministério da Educação, 2007.

MORAES, Roque; GALIAZZI, Maria do Carmo. Análise textual discursiva. Ijuí, RS: UNIJUÍ, 2007.

MORAES, Roque. Uma tempestade de luz: a compreensão possibilitada pela análise textual discursiva. Ciência & Educação, v. 9, n. 2, p. 191-211, 2003.

MORALES, Angélica Góis. A formação do profissional educador ambiental: reflexões, possibilidades e constatações. 2 ed. Ponta Grossa, PR: UEPG, 2012.

RONDÔNIA. Secretaria de Estado da Educação. Referencial Curricular de Rondônia: Ensino Fundamental. 2013.

SAVIANI, Demerval. Pedagogia Histórico-Crítica: primeiras aproximações. 8 ed. revista e ampliada. Campinas, SP: Autores Associados, 2011.

TOZONI-REIS, Marília Freitas de Campos. Educação Ambiental: natureza, razão e história. Campinas, SP: Autores Associados, 2004.

Downloads

Publicado

01-12-2022

Como Citar

Mendes, B. M., & Barba, C. H. de. (2022). A prática interdisciplinar da Educação Ambiental em escolas rurais do município de Porto Velho (RO). Revista Brasileira De Educação Ambiental (RevBEA), 17(6), 348–364. https://doi.org/10.34024/revbea.2022.v17.13838

Edição

Seção

Artigos
Recebido: 2022-04-25
Aceito: 2022-10-03
Publicado: 2022-12-01

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.