Intervenção Precoce na Criança com Baixa Visão

Autores

  • Heloisa G. R. Gardon Gagliardo Doutoranda em Ciências Médicas – Neurologia – FCM/Unicamp. Terapeuta Ocupacional no CEPRE–FCM–Unicamp
  • Maria Inês R. S. Nobre Doutoranda em Ciências Médicas – Oftalmologia – FCM/Unicamp. Terapeuta Ocupacional no CEPRE–FCM–Unicamp

DOI:

https://doi.org/10.34024/rnc.2001.v9.8928

Palavras-chave:

Baixa visão, intervenção precoce, terapia ocupacional

Resumo

O presente trabalho discute o desenvolvimento da visão considerando os fatores ambientais e de maturação neurológica. Contempla as características do desenvolvimento de crianças com baixa visão e as diferentes áreas do desenvolvimento que podem ser comprometidas pelas alterações visuais. Apresenta uma abordagem da atuação da terapia ocupacional em intervenção precoce, relacionando os pressupostos fundamentais para intervenção nessas crianças

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Temporini ER & Kara-José N. Níveis de prevenção de problemas oftalmológicos: propostas de investigação. Arq Bras Oftal, 58:189-92, 1995.

Botega MBS & Gagliardo HGRG. Intervenção precoce na deficiência visual: o que fazemos? Revi Soc Bras Fonoaudiol, 2(Supl.1):46-50, 1998.

Sanchez PA. Deficiencias visuales y psicomotricidade: teoria y pratica. Organización Nacional de Ciegos Españoles, 1994, 255p.

Sonksen PM, Petrie A, Drew KJ. Promotion of visual development of severely visually impaired babies: evaluation of a developmentally based programe. Dev Med Child Neurol, 33:320-35, 1991.

Gagliardo HGRG & Gonçalves VMG. Proposta metodológica para detecção de alterações no comportamento visual de lactentes. Arq Bras Oftal, 63:59, 2000.

Hyvärinen L. Considerations in evoluation and treatment of the child with low vision. Americ J Occupational Therapy, 59:891-7, 1995.

Brandão JS. Desenvolvimento psicomotor da mão. Rio de Janeiro, Enelivros, 1984, 453p.

Ciancia AO, Fiondella AM, Penerini YP. La estimulación temprana en oftalmologia. Arq Bras Oftal, 49:147-9, 1986.

Wiesel TN. The postnatal development of the visual cortex and the influence of environmemt. (Nobel Lecture). Biosci Rep, 2:351-77, 1982.

Lipsitt LP. Learning in infancy: cognitive development in babies. J Pediatr, 109: 172-82, 1986.

Vilanova LCP. Aspectos neurológicos do desenvolvimento do comportamento da criança. Rev Neurociências, 6:106-10, 1998.

Hyvärinen, L. La vision normal y anormal en los ninos. Madri, Organizacion Nacional de Ciegos Españoles, 1988, 92p.

Alves MR & Kara-José N. O olho e a visão. Rio de Janeiro, Vozes, 1996, 151p.

Huttenlocher PR. Morphometric study of human cerebral cortex development. Neurophych, 28:517-27, 1990.

Diament AJ. Exame neurológico do lactente. In: Diament AJ & Cypel S. Neurologia infantil. 3. ed., São Paulo, Atheneu, 1996, pp. 35-62.

Jan JE, Sikanda A, Groenveld M. Habilitation and rehabilitation of visually impaired and blind children. Pediatrician, 17:202-97, 1990.

Gonçalves VMG & Gagliardo HGRG. Aspectos neurológicos do desenvolvimento do lactente com baixa visão. Temas sobre Desenvolvimento, 7:33-9, 1998.

Downloads

Publicado

2001-03-31

Como Citar

Gagliardo, H. G. R. G., & Nobre, M. I. R. S. (2001). Intervenção Precoce na Criança com Baixa Visão. Revista Neurociências, 9(1), 16–19. https://doi.org/10.34024/rnc.2001.v9.8928

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos Semelhantes

<< < 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.