Influência da imagética motora nas alterações da marcha de indivíduos com a Doença de Parkinson: uma revisão integrativa

Autores

DOI:

https://doi.org/10.34024/rnc.2022.v30.12944

Palavras-chave:

Parkinson, Imagética Motora, Fisioterapia

Resumo

Introdução. A doença de Parkinson (DP) apresenta alterações motoras que levam ao comprometimento da biomecânica da marcha dificultando as atividades de vida diárias (ADVs). Sendo a Imagética Motora (IM) um método que tem sido impulsionado como uma nova estratégia de recurso terapêutico na DP, visando o aprendizado e o aperfeiçoamento de uma tarefa motora. Objetivo. Analisar o efeito da IM nas alterações da marcha parkinsoniana, com intuito de difundir conhecimento em âmbito científico e social da técnica na doença neurodegenerativa, visando o bem-estar, a qualidade de vida e o retardamento do curso da patologia. Método. Trata-se de uma revisão de literatura integrativa, realizada nos bancos de dados Pubmed, Lilacs, Lilacs (BVS), Pubmed (PMC), Open Aire, Scielo, utilizando descritores em inglês  Doença de Parkinson, fisioterapia, imagética motora combinados pelo operador booleano AND. Foram  incluindo artigos em inglês, espanhol e português, entre os anos de 2011 a 2021, sendo excluído teses, revisões e artigos que não utilizavam a IM com forma de tratamento na DP, depois de aplicar os critérios de elegibilidade 10 artigos foram incluídos. Resultados. Os artigos incluídos demostraram efeitos positivos da IM/PM nas alterações da marcha, observando melhora nos parâmetros da cinemática da marcha, na mobilidade, da AVDs, diminuição do risco de quedas e percepção corporal. Conclusão. A imagética motora como recurso terapêutico proporciona a potencialização dos ganhos motores, sendo efetiva na reabilitação de indivíduos com a DP, demostrando um aumento nas atividades desenvolvidas ou mantendo os ganhos a longo prazo.

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Santos VL. Perfil epidemiológico da doença de Parkinson no Brasil (Monografia). Brasília: UniCEUB; 2015.

http://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/235/6857

Silva AT, Santos CF, Assis AA, Boas AV, Vilela RC, Costa WCC. Análise dos efeitos da imagética motora associada à cinesioterapia no membro superior de pacientes hemiparéticos pós-acidente vascular encefálico. Rev Ter Man 2011;9:526-33.

Cabreira V, Massano J. Parkinson’s Disease: Clinical Review and Update. Acta Med Port 2019;32:661-70.

https://doi.org/10.20344/amp.11978

Santiago LMM, Oliveira DA, Ferreira LGLM, Pinto HYB, Spaniol AP, Trigueiro LCL, et al. Immediate effects of adding mental practice to physical practice on the gait of individuals with Parkinson’s disease: Randomized clinical trial. NeuroRehabil 2015;37:263-71. https://doi.org/10.3233/NRE-151259

Fineout-Overholt E, Melnyk BM, Stillwell SB, Williamson K. Evidence-Based Practice Step-by-Step: Critical Appraisal of theEvidence: Part I. Am J Nursing 2010;110:4752.

https://doi.org/10.1097/01.NAJ.0000383935.22721.9c

Myers PS, McNeely ME, Pickett KA, Duncan RP, Earhart GM. Effects of exercise on gait and motor imagery in people with Parkinson disease and freezing of gait. Parkinsonism Relat Dis 2018;53:89-95. https://doi.org/10.1016/j.parkreldis.2018.05.006

Abraham A, Hart A, Andrade I, Hackney ME. Dynamic Neuro-Cognitive Imagery Improves Mental Imagery Ability, Disease Severity, and Motor and Cognitive Functions in People with Parkinson’s Disease. Neural Plast 2018;2018:6168507.

https://doi.org/10.1155/2018/6168507

Peterson DS, Pickett KA, Duncan RP, Perlmutter JS, Earhart GM. Brain activity during complex imagined gait tasks in Parkinson disease. Clin Neurophysiol 2014;125:995–1005.

https://doi.org/10.1016/j.clinph.2013.10.008

Maidan I, Rosenberg-Katz K, Jacob Y, Giladi N, Hausdorff JM, Mirelman A. Disparate effects of training on brain activation in Parkinson disease. Neurology 2017;89:1804–10.

https://doi.org/10.1212/WNL.0000000000004576

Braun S, Beurskens A, Kleynen M, Schols J, Wade D. Rehabilitation with mental practice has similar effects on mobility as rehabilitation with relaxation in people with Parkinson’s disease: a multicentre randomised trial. J Physiother 2011;57:27–34.

https://doi.org/10.1016/S1836-9553(11)70004-2

El-Wishy AA, Fayez ES. Effect of locomotor imagery training added to physical therapy program on gait performance in Parkinson patients: a randomized controlled study. Egypt J Neurol Psychiat Neurosurg. 2013;5031-7.

Nascimento IAPS, Santiago LMM, Souza AA, Pegado CL, Ribeiro TS, Lindquist ARR. Effects of motor imagery training of Parkinson’s disease: a protocol for a randomized clinical trial. Trials 2019;20:626. https://doi.org/10.1186/s13063-019-3694-8

Monteiro D, Silva LP, Sá PO, Oliveira ALR, Coriolano MGWS, Lins OG. Prática mental após fisioterapia mantém mobilidade funcional de pessoas com doença de Parkinson. Fisioter Pesqui 2018;25:65–73. https://doi.org/10.1590/1809-2950/17192425012018

Pondé PDS, Krause Neto W, Rodrigues DN, Cristina L, Bastos MF, Sanches IC, et al. Chronic responses of physical and imagery training on Parkinson’s disease. Rev Bras Med Esporte 2019;25:503–8. https://doi.org/10.1590/1517-869220192506214238

Downloads

Publicado

2022-07-28

Como Citar

Viana, T. L. I. V., Portela, S. de A., Honorato, M. M., & da Silva Júnior, J. A. (2022). Influência da imagética motora nas alterações da marcha de indivíduos com a Doença de Parkinson: uma revisão integrativa. Revista Neurociências, 30, 1–19. https://doi.org/10.34024/rnc.2022.v30.12944

Edição

Seção

Artigos de Revisão
Recebido: 2021-11-16
Aceito: 2022-06-09
Publicado: 2022-07-28

Artigos Semelhantes

<< < 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)