CHAVES, E. Não há trágico na indústria cultural:: Nietzsche e Adorno, mais uma vez. Revista Limiar, [S. l.], v. 1, n. 2, p. 259–277, 2019. DOI: 10.34024/limiar.2014.v1.9280. Disponível em: https://periodicos.unifesp.br/index.php/limiar/article/view/9280. Acesso em: 27 jun. 2022.