(1)
Chaves, E. Não Há trágico Na Indústria cultural:: Nietzsche E Adorno, Mais Uma Vez. limiar 2019, 1, 259-277.