Nietzsche: edições, traduções e deturpações

  • Scarlett Marton

Resumo

Na história das edições dos escritos de Nietzsche, o hiato entre compreensão e tradução revela o lugar privilegiado de uma figura: o leitor. Trata-se neste ensaio de refletir sobre a recepção da obra nietzschiana, bem como sobre suas deturpações, do ponto de vista daqueles que buscam lê-la, sejam tais leitores os estudiosos, os editores e tradutores, ou o próprio Nietzsche.

Publicado
2020-07-08
Edição
Seção
Conferências