[1]
M. C. Colombani, “As figuras protetoras e seu efeito político. Reis e daimones: as marcas da custódia”, Herodoto, vol. 3, nº 2, p. 216-230, jan. 2019.