É possível romper com a herança ibérica? Uma releitura da obra de Raymundo Faoro

Autores

  • Marcos Fernandes Ribeiro Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia Fluminense (IFFLUMINENSE)
  • Wania Belchior Mesquita Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)

DOI:

https://doi.org/10.4013/csu.2019.55.1.08

Resumo

Neste artigo propomos uma releitura da obra de Raymundo Faoro através do questionamentode suas interpretações mais influentes, produzidas por Luiz Werneck Vianna, JuarezGuimarães e Rubens Goyatá Campante. Para tanto, retornamos à leitura de Faoro sobreo surgimento da modernidade e à sua reinterpretação do diganóstico weberiano. Essasações são fundamentais para o autor construir sua teoria essencialista sobre a civilizaçãoformada em Portugal e herdada pelo Brasil. A partir da ênfase em pontos não exploradossistematicamente, defendemos que a teoria faoriana possui como elemento estruturanteo evolucionismo material que, ao postular a relação necessária entre feudalismo e capitalismocomo único caminho autêntico para a instituição da modernidade, impossibilitaa existência de ruptura de qualquer natureza. Assim, sua teoria termina reproduzindoum hiato irreversível entre o intelectual e o político. Com esta leitura procuramos trazernovos elementos para reinterpretarmos um dos intelectuais brasileiros mais importantes,cujas teses sobre a condução do Estado nos interpelam até hoje.

Palavras-chave: herança ibérica; Raymundo Faoro; ruptura.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcos Fernandes Ribeiro, Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia Fluminense (IFFLUMINENSE)

Jornalista, sociólogo, mestre e doutor em  Sociologia Política pela Uenf, desenvolve pesquisas sobre pensamento social brasileiro, com ênfase no pensamento de Florestan Feranandes e Fernando Henrique Cardoso, modernização periférica, relações raciais e nacionalidade. Tem artigos publicados em revistas acadêmicos, bem como diversos trabalhos apresentados em congressos nacionais e internacionais. Foi professor substituto da Uenf e da UFF e é professor efetivo do IFFLUMINENSE.

Wania Belchior Mesquita, Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)

Professora e coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro- UENF. Graduada (bacharelado e licenciatura) em Ciências Sociais pela Universidade Federal Fluminense (1995-1996), mestrado em Sociologia pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro/SBI (1998) e doutorado em Sociologia pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro/SBI (2003). Pós-doutorado/ Estágio Sênior da CAPES no ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa (2015). Tem experiência na área de Sociologia, com ênfase em Sociologia da Religião e Sociologia Urbana, atuando principalmente nos seguintes temas: religiosidade, pobreza urbana, desigualdades sociais, juventude e sociabilidade.

Downloads

Publicado

2019-08-19

Como Citar

Ribeiro, M. F., & Mesquita, W. B. (2019). É possível romper com a herança ibérica? Uma releitura da obra de Raymundo Faoro. Ciências Sociais Em Revista, 55(1), 74–85. https://doi.org/10.4013/csu.2019.55.1.08

Edição

Seção

Artigos