Elites científicas junto às políticas locais de C&T: o caso da Secretaria Municipal de São Carlos-SP

Autores

  • Thales Haddad Novaes de Andrade Universidade Federal de São Carlos/Professor Associado
  • Karina de Camargo Universidade Federal de São Carlos/Graduanda

DOI:

https://doi.org/10.4013/csu.2019.55.1.04

Resumo

Este artigo trata da presença das elites científicas e tecnológicas na implementação de políticas locais de Ciência e Tecnologia (C&T) no Brasil. Nas últimas décadas houve um crescimento acentuado de municípios formulando políticas próprias na área de ciência e tecnologia de modo a articular conhecimento científico e programas locais de desenvolvimento. A questão que o presente artigo se propõe a discutir é a presença das elites científicas locais na definição das políticas de C&T no âmbito municipal e como elas se articulam com os gestores públicos. Foi realizado um estudo de caso no município de São Carlos (SP), dado a existência de um polo de alta tecnologia articulado com instituições de pesquisa e de ensino superior. No final dos anos 90 foi criada no município uma Secretaria Municipal na área, que foi utilizada como base de análise. Verificou-se que essas elites científicas atuam de maneira consistente em seus domínios acadêmicos, porém são subalternas no processo de institucionalização da área de C&T no plano local.

Palavras-chave: Elites Científicas; Secretaria Municipal; Campo científico; São Carlos; Política de C&T.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thales Haddad Novaes de Andrade, Universidade Federal de São Carlos/Professor Associado

Departamento de Ciências Sociais da UFSCar, Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq.

Karina de Camargo, Universidade Federal de São Carlos/Graduanda

Possui graduação em andamento no curso de Ciências Sociais pela Universidade Federal de São Carlos. Acompanhou, de 2015 a 2017, reuniões de grupos de estudo na temática de Políticas de Ciência e Tecnologia, sob coordenação do Profº Drº Thales Andrade (professor associado da UFSCar). Foi estagiária na Prefeitura Municipal de São Carlos, na Secretaria Municipal de Administração e Gestão de Pessoal no período de agosto à setembro de 2017. Atualmente é membro do grupo de pesquisa Sociologia e Estudos da Diáspora Africana, vinculado ao Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros da Universidade Federal de São Carlos (NEAB/UFSCar).

Downloads

Publicado

2019-08-19

Como Citar

Andrade, T. H. N. de, & Camargo, K. de. (2019). Elites científicas junto às políticas locais de C&T: o caso da Secretaria Municipal de São Carlos-SP. Ciências Sociais Em Revista, 55(1), 35–44. https://doi.org/10.4013/csu.2019.55.1.04

Edição

Seção

Artigos