O cotidiano como utopia: novas relações de espaço e tempo no mundo da arte contemporânea

Autores

  • Ana Carolina Freire Accorsi Miranda Universidade Federal do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.4013/csu.2017.53.3.05

Resumo

Este artigo investiga a recorrência do termo utopia no mundo da arte contemporânea. A proliferação das relações colaborativas - através de coletivos de arte, residências artísticas, artivismos - e a consequente valorização dessas iniciativas por instituições é um fenômeno pulsante no mundo da arte atual. Neste trabalho irei discutir o discurso produzido por artistas, curadores e pensadores, para pensar se essas práticas artísticas podem funcionar como uma representação da maneira com a qual a cultura contemporânea vem estabelecendo sua relação com o tempo e o espaço. A hipótese que sustentarei é que vivemos em um cenário onde o mundo da arte vem valorizando experiências coletivas artísticas associadas a estética cotidiana, e posteriormente classificando isso como uma nova utopia. A arte produzida se coloca como a utopia do cotidiano, construída para o tempo do agora no espaço urbano. Sendo assim, o objetivo deste artigo é realizar um breve estudo teórico sobre a contemporaneidade que aponta para importantes mudanças na maneira pela qual os indivíduos se relacionam com a experiência cotidiana, com a narrativa e a memória, no intuito de compreender as recentes transformações no mundo da arte contemporânea.

Palavras-chave: arte contemporânea, cotidiano, utopia, coletivos de arte.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Carolina Freire Accorsi Miranda, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (PPGSA/UFRJ). Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (PPGCS/UFRRJ). Bacharelado e Licenciatura em Ciências Sociais pela Universidade Federal Fluminense. Pesquisadora do Núcleo de Sociologia da Cultura (NUSC/PPGSA/UFRJ)

Downloads

Publicado

2017-10-05

Edição

Seção

Dossiê: Artes e criatividade: identidades e diferenças entre o local e o global