Desvelando a relação entre ideologia, valores do indivíduo e estilo de consumo

Autores

  • Alexandre Maduro-Abreu Universidade de Brasília - UnB
  • Antônio César Pinho Brasil Jr Universidade de Brasília - UnB

DOI:

https://doi.org/10.4013/csu.2013.49.3.02

Resumo

Este artigo pretende responder qual a relação entre os valores do indivíduo e sua frequência de consumo. Para isso, desenvolve-se uma discussão teórico-conceitual sobre o termo valor, sobre a formação da ideologia individualista e da sociedade de consumo. Para verificação empírica, aplicam-se três questionários validados na literatura, para medir valores culturais (ideologias), valores individuais e frequência de consumo em uma população de 226 elementos. A partir da utilização de técnicas multivariadas de análise de dados (correlações, regressão e equações estruturais) e com respaldo teórico, foi possível cunhar o termo eleito social, ou seja, indivíduos que buscam, a partir do consumo, demonstrar, diante da sociedade, poder, autoridade e status, independentemente de grupos, legitimados pelos valores liberdade e igualdade, que garantem a todos buscar a mesma condição de eleito.

Palavras-chave: valores, individualismo, consumo, eleito social, equações estruturais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-10-31

Como Citar

Maduro-Abreu, A., & Brasil Jr, A. C. P. (2013). Desvelando a relação entre ideologia, valores do indivíduo e estilo de consumo. Ciências Sociais Em Revista, 49(3), 222–236. https://doi.org/10.4013/csu.2013.49.3.02

Edição

Seção

Dossiê: Consumo: interfaces contemporâneas