Caminhos de Dioniso:

Platão e Nietzsche (a propósito do diálogo Symposium)

  • Rachel Gazolla Rachel Gazolla de Andrade é doutora em História da Filosofia Antiga, docente na PUC-SP
Palavras-chave: Tragédia, Apolo, Dioniso, dialética, diálogo, filosofia

Resumo

A partir da leitura do diálogo platônico Symposium, o artigo pretende expor uma das perspectivas que permitem aproximar Platão e Nietzsche, qual seja, a presença de Dioniso. Conta, ainda, rever alguns aspectos não tematizados por Nietzsche na leitura da filosofia de Platão.

Referências

“Cadernos Nietzsche 4”. São Paulo, GEN/Discurso Ed., 1998.

“Cahiers de Royaumont – Nietzsche” (Philosphie IV). Paris, ed. de Minuit, 1967.

MARTON, S. “Nietzsche-das forças cósmicas aos valores humanos”. São Paulo, Humanitas, 2000.

NUSSBAUM, M. “The fragility of goodness”. Cambridge, ed. Cambridge Univ. Press, 1986.

VATTIMO, G. “Introduzione a Nietzsche”. Roma-Bari, Laterza & Figli, 1988.

Publicado
2019-03-06
Seção
Artigos Originais