A aparência embriagada

  • Carlos Vasquez Professor do Instituto de Filosofia da Universidade de Antioquia (Medellín / Colômbia).
Palavras-chave: aparência, arte, forma, trágico

Resumo

O autor seleciona quatro temas que reúnem, segundo sua opinião, a interpretação nietzschiana da arte e a posição central que esta idéia ocupa em sua filosofia: a embriaguez, a tensão força–forma, as noções clássico e romântico e o trágico.

Referências

CACCIARI, M. El dios que baila. Buenos Aires: Editorial Paidós, 2000.

JÄHNIG, D. Historia del mundo: historia del arte. México: Fondo de Cultura Económica, 1993.

NIETZSCHE, F. Sämtliche Werke. Kritische Studienausgabe. Berlim/Munique: Walter de Gruyter/dtv, 1988.

VATTIMO, G. Las aventuras de la diferencia. Barcelona: Editorial Península, 1990.

Publicado
2019-03-06
Seção
Artigos Originais