Código de Boas Práticas Científicas

A ALMANACK adota as diretrizes éticas do Committee on Publication Ethics (COPE - https://publicationethics.org/), do Code of Ethics American Educational Research Association - https://cdn.ymaws.com/wera.site-ym.com/resource/resmgr/a_general/aera.pdf, o Código de Boas Práticas Científicas – FAPESP (http://www.fapesp.br/boaspraticas/) e do Council of Science Editors (CSE - https://www.councilscienceeditors.org/) em relação a publicação.

ALMANACK adota a definição de má-conduta da Office Research Integraty, que consiste em: fabricação, falsificação ou plágio na elaboração, execução ou revisão de pesquisas ou no relato de resultados de pesquisas.

Má-conduta em pesquisa não inclui erros honestos ou diferenças de opinião.

Quaisquer casos de má-conduta serão tratados com as devidas sanções estabelecidas pelo Conselho Editorial.

  • Fabricação: inventar dados ou resultados registrando ou relatando-os.
  • Falsificação: manipular materiais, equipamentos ou processos de pesquisa, ou alterar ou omitir dados ou resultados, de modo que a pesquisa não seja representada com precisão no registro da pesquisa.
  • Plágio: consiste na apropriação de ideias, processos, resultados ou palavras de outra pessoa sem dar crédito apropriado. Os Autores são responsáveis pelo conteúdo e informações contidas em seus manuscritos. A ALMANACK utiliza o software Turnitin que permite detectar similaridades nos materiais submetidos. Os manuscritos que tenham sido plagiados serão rejeitados e os Autores poderão incorrer em sanções determinadas pelo Conselho Editorial.

Nos casos de Publicação Duplicata e Redundante, Correção e Retratações, a ALMANACK adota as seguintes recomendações:

  • Publicação Duplicata e Publicação Redundante: A ALMANACK se compromete a publicar apenas material original, ou seja, material que não tenha sido publicado anteriormente ou que esteja sendo revisado em outros periódicos, inclusive em idiomas diferentes. Os artigos submetidos a ALMANACK não devem ser submetidos a nenhum outro periódico enquanto estiver em processo de avaliação.  A publicação duplicata refere-se à prática de submeter o mesmo estudo em dois ou mais periódicos e a publicação redundante que consiste na divisão inadequada dos resultados do estudo em mais de um artigo (também conhecido como “salami publication”), que pode resultar na rejeição do artigo ou sua retratação, podendo os Autores incorrerem em sanções estabelecidas pelo Conselho Editorial da ALMANACK.
  • Correções e Retratações: em casos de erros ou falhas, independente da natureza ou da origem, que não configurem má-conduta, serão corrigidos por meio de errata. Artigos já publicados em que má-conduta for identificado, serão objeto de retratação com exposição do motivo devidamente referenciado. Todos os Autores serão solicitados a concordar com o conteúdo.

Em relação ao Conflito de Interesse, a ALMANACK solicita que os Autores, no momento de submissão, declarem quaisquer interesses pessoais ou comerciais que possam enviesar o manuscrito. Se não houver conflito, os Autores devem declarar não ter conflitos de interesse.

Sanções: práticas que ferem a integridade científica como PlágioPublicação em Duplicata e Publicação Redundante serão avaliadas pelo Conselho Editorial para decisão das correspondentes penalidades, tais como a suspensão de publicar no periódico por período determinado pelo dito Conselho. Os Autores serão imediatamente comunicados de todas as etapas deste processo.