[1]
R. G. Soares, “ UM SOLIDÁRIO TREZE DE MAIO: OS AFRO-BRASILEIROS E O TÉRMINO DA ESCRAVIDÃO”, ALM, nº 27, p. 1–8, abr. 2021.